Fonte: cpb.org.br
Fonte: cpb.org.br

O Comitê Paralímpico Brasileiro realizou em 2017 o I SEMINÁRIO INTERNACIONAL ESCOLAR PARALÍMPICO, uma das ações mais importantes para a evolução, promoção e universalização do acesso as informações e às praticas esportivas nos diversos níveis aplicados as pessoas com deficiência.

Neste sentido, o I SEMINÁRIO INTERNACIONAL PARALÍMPICO ESCOLAR ficou pequeno, face às demandas apesentadas. Os profissionais dos vinte e um estados da federação envolvidos no seminário, em sua grande maioria, inseridos no contexto escolar, perceberam e avaliaram nesse seminário um fórum ideal para discutir e garantir um melhor acesso à prática esportiva de alunos com deficiência (física, visual e intelectual), efetivando dentre outros objetivos e benefícios, a descoberta de novos talentos para o esporte paralímpico.

Foi notório nas sessões científicas, conferências, mesas redondas e apresentação de trabalhos, que estes assuntos são fontes inesgotáveis de temas que se reluta em discutir e que, somente os profissionais envolvidos com esporte paralímpico e áreas afins conseguem detectar novos talentos através de atividades diárias desenvolvidas nas associações, institutos, escolas e outras organizações especializadas nos seus respectivos estados permitindo a renovação e o aprimoramento técnico de atletas com deficiência do nosso país.

Dessa forma, a APB – Academia Paralímpica Brasileira vem propor aos estados agrupados em seis áreas a realização do Seminário Regional Paralímpico Escolar 2018.

Esta ação da Academia Paralímpica Brasileira tem como proposta descentralizar e disponibilizar as diversas regiões do Brasil a disseminação de conhecimentos especializados aos profissionais que atuam nestas instituições de ensino e participam das Paralímpiadas Escolares e, com especial atenção, para os que ainda não atuam no segmento, oferecendo um embasamento teórico-prático de qualidade para o atendimento de todo aluno com deficiência em idade escolar no Brasil.

OBJETIVO GERAL

O objetivo do SEMINÁRIO REGIONAL PARALÍMPICO ESCOLAR 2018, é proporcionar embasamento teórico-prático para os profissionais envolvidos, e por essa área de conhecimento ser reconhecidamente diversificada e ampla, compreendemos que a troca de experiências locais é um grande meio de efetivar o conhecimento pretendido.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Proporcionar aos participantes a inclusão, conhecimentos e experiências na área de Esportes Paralímpicos em cada deficiência;
Fundamentar ação prática com bases científicas como forma de desenvolver um compromisso profissional com a qualidade e com a inovação;
Propiciar a oportunidade de divulgação de experiências exitosas e inovadoras por meio da exposição de trabalhos e estudos em forma de banner/poster/painel ou apresentação oral.(somente por convite)
Capacitar, com conhecimentos técnicos e práticas pedagógicas, os profissionais que atuem com as modalidades oferecidas nas Paralímpiadas Escolares, nas diversas escolas dos Estados da Federação e Distrito Federal, para que desenvolvam trabalhos voltados à pratica esportiva das pessoas com deficiência no ambiente escolar.

PÚBLICO ALVO

Profissionais de Educação Física, Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, profissionais de áreas afins e estagiários que atuam nas diversas escolas do sistema regular de ensino nas cinco regiões geográficas do Brasil.

ORGANIZAÇÃO

A APB – Academia Paralímpica Brasileira, será a responsável pela organização dos SEMINÁRIOS REGIONAIS PARALÍMPICOS ESCOLARES 2018, nomeará em conjunto, com os coordenadores indicados por cada regional uma Comissão Científica para seleção de palestrantes, definição dos horários das seções científicas, e fiscalização das normas e orientações descritas abaixo sobre os critérios para as apresentações orais e posters.

O SEMINÁRIO REGIONAL PARALÍMPICO ESCOLAR 2018 será realizado a cada dois (2 anos) nas seis regiões descritas abaixo, sempre de forma alternada nos anos pares, de acordo com as propostas apresentadas.

REGIONAL SEDE ESTADOS DATAS LIMITE PERÍODO
INSCRIÇÃO TRABALHO INDICAÇÃO PARTICIPANTE
Norte II Belém AP, PA, TO, MA 25/02 20/02 21 a 23 de março
Sul Florianópolis PR, SC e RS 04/03 26/02 04 a 06 de abril
Nordeste Natal AL, BA, SE, PB e PE, CE, RN e PI 05/04 10/03 25 a 27 de abril
Centro Oeste Campo Grande DF, GO, MS e MT 15/04 25/03 02 a 04 de maio
Norte I Manaus AC, AM, RO, RR 17/05 17/05 23 a 25 de maio
Sudeste Belo Horizonte SP, MG, RJ e ES 01/06 01/06 6 a 8 de junho